segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Resenha: Amor e Ordem - O Despertar

Amor e Ordem - O despertar


Autora: Daniele Fleur 
Páginas: 139
Gênero: Romance, ficção
Nota: (4/5)
Editora: Deuses
Edição: 1ª (2014)

SINOPSE: John Peter é um alemão que vive em São Paulo. Com os ensinamentos deturpados de seu avô Hans, que foi General da SS de Hitler, John se tornou líder de um grupo de skinheads neonazistas, tornando-se agressivo e cego pelas suas próprias doutrinas. Ao qual sai com seu grupo, espalhando violência pela cidade, pregando ódio e machucando a todos que atravessam o seu caminho; entretanto, tudo isso muda quando ele conhece Celenna, uma garota negra, e se apaixona por ela perdidamente. John tenta negar este amor a si mesmo a todo tempo, mas também começa a questionar coisas, vindo a pensar de um jeito diferente. Entretanto seus amigos começam a notar mudanças em seu comportamento e Celenna tem que enfrentar as dificuldades e adversidades que imperam entre a razão e o coração, vindo a sentir a discriminação por sua cor de pele. Entre esse amor há muitas barreiras. Mas o amor será capaz de uni-los, levando-os a lutar contra o preconceito, incluindo os deles próprios?

"Celenna fechou os olhos e ficou sonhando acordada com o beijo dele, era impossível não pensar nele, não sonhar com ele, era impossível não gostar dele. Celenna abaixou os olhos e pensou consigo mesmo: 'Eu preciso descobrir coisas sobre ele, minha alma está gritando. Eu devo ter me apaixonado por ele, devo não, eu estou apaixonada por ele, mesmo isso sendo tão errado, mas é que não posso evitar, é mais forte do que eu posso imaginar.'"

O que falar deste livro? Uma história de amor? - Sim - Apenas isto? - Não!
A história vai muito além, a questão do preconceito permeia todo o livro, mostrando ambos os lados, quem pratica e quem sofre. Até onde pensamos de forma racional e até onde pensamos com o coração? Essa se torna a luta interna de John após conhecer Celenna.

"Ser bonzinho não era a especialidade dele, porque agora aquela menina tinha que estar ali e influenciar em suas escolhas? Ele estava confuso, não queria mais pensar sobre aquilo, deitou-se, lembrou da voz de Celenna na sala de aula, repetindo: "Espero que não consiga dormir sem me decifrar". Aquilo estava parecendo uma praga que ela havia jogado, e estava dando certo. Naquela noite ele não conseguiu dormir direito, e quando dormiu, sonhou com o sorriso dela."

O livro nos traz um enredo bastante interessante, mostrando o ser humano como um todo, com suas fraquezas e suas virtudes... a influência exercida por familiares e amigos, a busca por ideais. Os personagens são marcantes e muito bem apresentados, tanto os principais quanto os secundários, dando mais vida ainda a narrativa. Ao ler pude sentir cada emoção descrita nas diversas situações vividas por esses personagens... ansiedade, alegria, medo, compaixão... A autora conseguiu me envolver de forma quase que instantânea durante a leitura... a cada página lida, mais queria ler. Algo que me chamou muito a atenção foram as referências históricas e curiosidades sobre alguns símbolos.

Agora vamos à nota... por que não dei nota máxima? Pelo final da história... Fiquem calmos, não foi um final ruim, porém, acredito que faltaram alguns arremates finais. A história termina em um clímax muito grande e fiquei querendo saber detalhes do que viria a seguir. Será que teremos uma continuação???