quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Resenha: EU NUNCA (Josy Stoque e Mila Wander)

Oi gente! Tudo bom?
Queria falar um pouquinho de como foi ler “Eu Nunca” das queridas Josy Stoque e Mila Wander.

Autora: Josy Stoque e Mila Wander
Páginas: 601
Gênero: Romance / Erótico
Nota: 5/5
Editora: Independente
Edição: 1/2016

SINOPSE: "O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?” Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem-resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de apostar. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma. SKOOB
  
O que falar desse livro???? Romântico, sexy, hilário, apaixonante... AVASSALADOR! Livro que me ganhou de cara logo com a Sinopse!

“Conviver com pessoas é como estar em uma escola, aprendendo coisas da vida que somente as experiências pessoais dos outros podem nos ensinar”.

Joseph, um mineiro muito tímido, noivo e com a vida pacata e toda “certinha”; Pauline, uma paulistana que vive a vida intensamente e totalmente liberal... dificilmente formariam um casal com um futuro... Mas e aquela história de que os opostos se atraem, seria verdade?

Uma desilusão amorosa e um empurrãozinho do destino (ou seria sorte?) e esses dois não apenas se esbarram mas acabam ganhando juntos na Loteria. Mesmo tendo acabado de se conhecerem, Pauline o convida para fazerem uma viagem pelos quatro cantos do Brasil e, para sua surpresa, Joseph aceita a proposta. Começa então a aventura... de conhecidos, tornaram-se amigos e, mais tarde, apaixonaram-se... mas não seria tudo tão simples assim... ambos, antes de assumirem este forte sentimento, teriam que resolver várias questões, inclusive internas... apenas descobrindo a si mesmo, um poderia fazer o outro verdadeiramente feliz.

“ – Amo a vida e as pessoas. Eu me apaixono fácil e desapego fácil também, porque não consigo perder tempo sendo infeliz ou desejando infelicidade pros outros!
Reflito sobre suas palavras como se estivesse diante de um livro de Filosofia. Tiro a única conclusão que um cara como eu pode fazer: estou diante de um ser iluminado pelo bom Deus, mesmo que, a princípio, não pareça!”

Que história mais intensa!!! Acompanhar a evolução dos personagens, que aos poucos desprendiam-se de algumas imposições da sociedade e de ideais impostos por si mesmos, me foi extremamente prazeroso! Não tem como o leitor não se identificar com ao menos um detalhe dentre as diversas situações que o casal enfrenta para alcançar a própria felicidade. Vamos combinar que esses dois são apaixonantes... todas merecem um Joseph em sua vida e merecemos, ou melhor, precisamos, de ao menos um dia de Pauline em nossas vidas. E não digo isso apenas no sentido “físico”, mas na forma de enxergar o mundo a sua volta! (Acredito que quem já leu irá concordar comigo rsrs).

As autoras criaram um enredo que inebria qualquer leitor, a cada página maior a curiosidade tanto sobre as peripécias desses dois quanto pelo roteiro de viagem aumenta consideravelmente. Sobre este último, quanta riqueza de detalhes!!! (Quero conhecer todos eles, com exceção da minha linda Manaus, que é onde amo morar! Mas vocês estão convidados! Rs). Os capítulos são intercalados entre os pontos de vista de Joseph e Pauline, dando mais dinamismo à história.

A carga emocional que a história transmite é alucinante! Peguei-me dando gargalhadas e com lágrimas derramando pela face... Na primeira discussão séria do “casal de amigos” quase não consigo continuar a leitura... precisei respirar fundo de tão evolvida que fiquei.

Sobre a mensagem do livro? Dispa-se de conceitos pré-estabelecido pela sociedade, siga o seu coração, não se compare a ninguém... Você é único, e é isso que lhe faz tão especial... a pessoa que lhe enxergar com o coração notará exatamente isso!

“Não fique bravo ou tente ser perfeito, apenas compreenda que a vida é feita de tentativas e erros, acertos e dúvidas, momentos felizes e pessoas especiais”.

“Eu Nunca” foi lançado de forma independente, mas foi tão bem aceito que já tem sua Casa Editorial! Em breve será lançado, em formado físico, pela Editora Pandorga! Serão dois volumes: “Eu Nunca” e “Eu Sempre”... sobre isso? #chupamundo hahahahaha (fãs das autoras entenderão!)

Josy e Mila, só tenho a agradecer por proporcionar aos seus leitores histórias tão fascinantes! Que alcancem cada vez mais leitores e muito sucesso! Garotas, vocês arrasam!

O Livro encontra-se à venda, em formato digital, na Amazon (clique aqui).