segunda-feira, 23 de abril de 2018

Primeiras Impressões – NIHIL


Autora: Carolina Mancini
Editora: Estronho
Páginas: 156
Sinopse: Enclausurado por muito tempo, o ser humano definha. Do lado de fora, uma espessa neblina dominou países inteiros. Ela mata quem se arrisca a desbravá-la, espalha vísceras, sangue e entrega os gritos a um estranho lugar sem cheiros, sons, luz ou escuridão. Do lado de dentro os sobreviventes enfrentam sua subsistência. Não há água encanada, ondas de rádio ou energia elétrica. Falta comida e os sentimentos são confusos e intensos. Não há sol ou chuva para se observar. Não há divisão entre dia ou noite. Os relógios estão parados e qualquer esperança já se fragmentou, mesmo que alguns ainda esperem por algo que já nem sabem se existe ou mesmo se tem um nome. SKOOB 

     Tive o prazer de ler o início de Nihil, novo livro da autora Carolina Mancini, que já se encontra em pré-venda. As produções da autora costumam ser de grande impacto e envolvem o leitor de uma forma onde não existe volta. Com Nihil não foi diferente, fui tragada para a história, tive medo da neblina que se apossou daquele mundo, fiquei angustiada e senti a dor dos personagens.

     Qual o sentido da vida e do viver? Damos mesmo valor à vida e aos relacionamentos? Aqui, vemos no que se transforma a vida – se é que podemos chamar assim – de pessoas que tiveram sua liberdade de ir e vir anulada por uma neblina que dominou a atmosfera e que mata aqueles que tentam por ela passar. O que resta a elas é viver trancadas em suas casas ou abrigos, sem energia elétrica e com poucos mantimentos. A linha entre o viver e o morrer é muito tênue, mas ainda existe ali uma vida, ou elas apenas sobrevivem? Existiriam outras pessoas na mesma situação ou todos os outros sucumbiram ao desespero e à neblina?
    Terminei a leitura em pouquíssimo tempo, com o peito transbordando de angústia e ansiando por mais páginas. A autora nos presenteia com uma narrativa forte, viciante e perturbadora, onde os sentimentos são quase que palpáveis e o sofrimento dos personagens tornam-se reais para o leitor. Se em apenas 44 páginas pude me sentir assim, imagino o quão forte deva ser o sentimento com a finalização desta leitura e as ricas reflexões que com certeza dela virão.
     O livro está em Pré-venda, você pode adquiri-lo com a autora ou no site da Editora Estronho.

*Sobre a Autora:
     Carolina adotou o sobrenome Mancini em homenagem à avó com quem passava grande parte de seus dias durante a infância. Formada em teatro, é professora de artes na rede municipal de São Paulo.
     Participou por três anos com textos e ilustrações quinzenais para o site Quotidianos e escreveu a história juvenil O Mirante do Tempo, para o folhetim do Jornal de Brusque.
     Publicou seu primeiro romance de fantasia “Dias de Chuva” em 2016, pela Editora Estronho, além de ter participado de antologias de fantasia, terror e poesia. De maneira despretensiosa, atualiza contos em seu perfil do Wattpad e vídeos no Youtube, e este ano (2018) retorna para o terror com o lançamento de Nihil, também pela Editora Estronho.
     Acompanhe o trabalho da autora: Blog  / Facebook  /  Instagram